6 tipos de esquadrias a sua escolha

Ao escolher qual usar deve-se observar não somente a estética, mas a conservação e a garantia de segurança e bem-estar também.

6 tipos de esquadrias a sua escolha


Ao escolher qual usar deve-se observar não somente a estética, mas a conservação e a garantia de segurança e bem-estar também.

Portas e janelas, geralmente, ajudam a ditar o estilo da casa. Por isso as esquadrias têm tanta importância na hora de projetar um ambiente. Elas são a moldura que nos levam ao mundo exterior. Ao escolher qual usar deve-se observar não somente a estética, mas a conservação e a garantia de segurança e bem-estar também.

Basicamente, temos cinco tipos de matérias-primas para esquadrias: alumínio, ferro, vidro, PVC e madeira. Não vamos entrar aqui nos padrões de abertura apresentados pelo mercado, já que só isso já faria o texto render.

Vamos falar um pouco sobre cada uma, assim você poderá analisar e escolher a que mais lhe agrada ou que se encaixa no seu projeto:

Esquadrias de Madeira: bonitas, mas frágeis

Se optar por trabalhar com este material, já sabe que terá um belo resultado estética e visualmente falando, mas lembre-se que é algo natural e que deve ser tratado como tal. Manutenções periódicas são necessárias para não deixar que o tempo deteriore o produto e perca sua funcionalidade.

Esquadrias de Vidro: prática instalação, difícil manutenção

Este tipo de esquadria proporciona um visual muito bonito e sua rápida instalação atraem muito na hora da escolha. Para quem deseja um ambiente mais iluminado e ventilado é uma excelente escolha. Como ponto negativo vem a limpeza, que apesar de oferecer fácil manutenção, destaca qualquer tipo de marca, seja pelo toque das mãos ou por algum produto que o atinja.

Esquadrias de Aço: economia com qualidade

Estas estruturas são projetadas para oferecer grande durabilidade, aliada a beleza e praticidade aos modelos de portas e janelas deste material.

Esquadrias de Alumínio: durabilidade e praticidade

Quando o cliente escolhe por este material é notável que ele não esteja pensando tanto no preço – por se tratar de um produto mais caro -, mas na praticidade e resistência oferecidos pelo mesmo. Possui vários acabamentos, é extremamente durável, não enferruja, não precisa de pintura, não altera a estrutura e não perde o brilho.

Esquadrias de Ferro: tradicional, mas a qualidade tem deixado a desejar

O ferro permite diversas variações de formato, mas é bom certificar-se que está contratando um bom profissional para a execução do serviço. Seu custo é mais atrativo quando comparado aos demais, mas a manutenção demanda mais cuidados devido à corrosão.

Esquadrias de PVC: extremamente durável e resistente

Uma das caçulas do mercado brasileiro, mas vem roubando a cena. Durabilidade, beleza e com fácil higienização, as esquadrias de PVC parecem mesmo terem vindo para ficar.

Oferece um ótimo isolamento acústico, deixando o ambiente mais silencioso e tranquilo para se descansar, por exemplo. Ajudando ainda na climatização do ambiente, mantendo sempre uma temperatura sem muitas oscilações, devido ao seu isolamento que reduz a troca de calor e frio de fora para dentro.

Apesar do custo inicial ser mais alto que os demais tipos, sua durabilidade compensa isso a longo prazo. Além de ser 100% reciclável.

Aluminio

Alumínio

Aço

Ferro

Madeira

PVC

Vidro

Ainda tem dúvidas e gostaria de conferir os materiais de perto? Visite uma loja Cimcal, sempre tem uma bem perto de você em Divinópolis e região.

Gostou? Então não perca nenhum artigo!
Receba nosso informativo:

Desejo receber
Alternate Text

Tradicional no mercado de construção, a Cimcal tem experiência de quem está no setor desde 1966 em Divinópolis, com filiais nas cidades de Arcos, Nova Serrana, Pará de Minas, Itaúna e Oliveira, atende a todo o Centro-Oeste mineiro e oferece as melhores marcas e promoções para quem vai construir ou reformar sempre com qualidade e bom atendimento.

Você pode gostar também:

Comentários